novo

   (11) 2081-0384  /  (11) 2081-0385  /  (11) 2081-0386  /  (11) 2601-2767
Skype Me™!mundo.mystiko.01    Skype Me™!mundo.mystiko.02    Skype Me™!mundo.mystiko.03

Pagina Inicial   |    Como Fazer a Consulta   |    Nossos Produtos   |    Confirmação de Pagamento   |    Fale Conosco   |    Mapa  Site

    mm

(11) 2081-0384

Skype Me™! Skype Me™! Skype Me™!

  Acupuntura
  Alquimia
  Amuletos
  Anjos
  Aromaterapia
  Astrologia
  Aura
  Banho de Ervas
  Baralho Cigano
  Blog
  Budismo
  Candomblé
  Cartomancia
  Chakras
 Compatibilidade Signos
  Cores das Velas
  Cristais
  Cristianismo
  Cromoterapia
  Dia do Nascimento
  Downloads
  E-mail Gratuito
  Esoterismo
  Espiritismo
  Espiritualismo
  Fitoterapia
  Fadas
  Feng Shui
  Florais
  Gnose
  Grafologia
  Hermetismo
  Hinduísmo
  Hipnose
  Horóscopo
  Horóscopo Chinês
  I Ching
  Iniciais dos Nomes
  Iridologia
  Islamismo
  Judaísmo
  Kabalah
  Kardecismo
  Maçonaria
  Magia
  Mandala
  Mantras
  Massoterapia
  Meditação
  Mensagens
  Misticismo
  Músicas
  Neurolinguistica
  Numerologia
  Ocultismo
  Orixás
  Parapsicologia
  Promoções
  Quimbanda
  Quiromancia
  Quiropraxia
  Reflexologia
  Regressão
  Reiki
  Rosacruz
  Runas
  Santos do Dia
  Shiatsu
  Simpatias
  Trabalhe Conosco
  Taoismo
  Tarot
  Teosofia
  Testes
   Umbanda
  Vidas Passadas
  Wicca
  Xamanismo
  Yoga
  Zoroastrismo

Santos do Mês de Abril

...   

 
...   

1 de abril - São Valério

São Valério nasceu em Alvérnia, pertencia a uma família simples e foi pastor de rebanhos. Ainda jovem, ingressou no mosteiro beneditino de Issoire e, mais tarde, foi para o mosteiro de São Columbano em Auxerre onde permaneceu até 594, ingressando depois no mosteiro de Luxeuil.

 

Em 613, partiu para Leuconay onde fundou um convento. Diz-se que quando estava a caminho de Leuconay, salvou a vida de um camponês que seria enforcado por um proprietário de terras, alegando que a vida das pessoas pertence a Deus e ninguém tem o poder de tirá-la de quem quer que seja. Ofereceu sua própria vida no lugar do camponês alertando que Deus nunca abandona aqueles que O invocam. Por sua coragem e testemunho de fé, o camponês foi liberto da forca.

 

São Valério foi dirigente de muitos novos monges no convento fundado por ele, vindo a falecer em 619.

 

São Valério, rogai por nós.

 

São José, rogai por nós

 

Nossa Senhora do Desterro, rogai por nós.

 

 

02 de abril - São Francisco de Paula

Francisco era filho de lavradores, nasceu na Calábria em 1416, num povoado chamado Paula. Aos 13 anos, ingressou no convento dos franciscanos.

 

Em 1435, deixou o convento, seguido por alguns discípulos, para fundar a ordem dos Mínimos ou ordem dos Eremitas de São Francisco. Aos três votos habitualmente firmados pelos franciscanos - pobreza, castidade e obediência - São Francisco acrescentou mais um, o do jejum quaresmal. O mosteiro da ordem foi construído em 1454, em Cosenza, do qual foi nomeado superior.São Francisco era conhecido pelos milagres que o acompanhavam. Certa vez, por não ter como atravessar o estreito de Messina, devido à recusa dos barqueiros, estendeu seu manto sobre as águas alcançando, dessa maneira, até o porto. Em outra ocasião, o rei da França, Luís XI, pediu ao papa que lhe fosse enviado o frei calabrês para curá-lo de uma grave doença. São Francisco de Paula esteve com o rei e o convenceu a reconciliar-se com Deus e, dessa maneira, tivesse uma morte tranqüila. Antes de morrer, o rei Luís XI pediu ao frei que fosse o diretor espiritual de seu filho Carlos VIII, próximo sucessor do trono da França.

 

Devido a sua fama, São Francisco de Paula atraiu muitos jovens à vocação religiosa.

 

São Francisco de Paula faleceu no dia 02 de abril de 1519, numa sexta-feira santa, aos 91 anos de idade.

 

Foi canonizado pelo papa Leão X doze anos após sua morte e é o padroeiro dos marinheiros.

 

Oração

Pai de bondade, pelo exemplo de fé e total confiança em vós, vos rogamos, derramai sobre nós o precioso dom com que premiastes São Francisco de Paula, para que possamos, com firmeza, enfrentar os desafios de cada dia. Amém.

 

São Francisco de Paula, rogai por nós.

 

São José, rogai por nós.

 

Nossa Senhora dos Navegantes, rogai por nós.

 

 

03 de abril - Santos Xisto I, Xisto II e Xisto III

Entre os cinco papas com nome de Xisto, três foram canonizados.  

 

São Xisto I era romano e exerceu o pontificado provavelmente no período de 115 a 129. Muito pouco se sabe sobre ele, apenas que foi ele quem convidou os fiéis a cantarem o sanctus juntamente com o celebrante da missa. Não se sabe como morreu, mas suas relíquias se encontram em Alatri.

 

São Xisto II exerceu o pontificado de 237 a 258. Segundo testemunhos, foi um sacerdote bom e pacífico. Foi morto juntamente com seis diáconos e sepultado na cripta dos papas nas catacumbas de São Calisto.

 

São Xisto III foi papa entre 432 e 440. Contribuiu para o fim definitivo do pelagianismo, uma doutrina herege que negava o pecado original e a corrupção da natureza humana. Essa doutrina defendia a tese de que o homem, por si só, possui a capacidade de não pecar, dispensando dessa maneira a graça de Deus. Santo Agostinho também participou no combate ao pelagianismo. São Xisto III construiu a Basílica de Santa Maria Maior.

 

 

04 de abril - Santo Isidoro

Santo Isidoro nasceu em Servilha em 560, em uma família extremamente piedosa que gerou quatro santos. Além de Isidoro, os irmãos Leandro e Fulgêncio, também bispos, foram canonizados e uma irmã chamada Florentina, religiosa e santa.

 

São Leandro, o irmão mais velho, foi seu tutor e mestre uma vez que ficou órfão ainda menino. No ano 600 sucedeu São Leandro na direção da diocese em Servilha.

 

As leituras de Santo Agostinho e de São Gregório Magno contribuíram no enriquecimento da sua formação.

 

Por seus méritos e profundo cuidado em relação à doutrina e cultura da Igreja, foi considerado doutor da Igreja. Preocupado com a maturidade moral e cultural do clero espanhol, criou seminários, acompanhou a formação dos futuros sacerdotes.

 

Escreveu muitas obras, entre elas, “Etimologias”, composta de 20 volumes; um dicionário “Diferenças e propriedades das palavras”; “A natureza das coisas”;” Catálogo dos escritores eclesiásticos”; “A vida e morte dos santos”.

 

Convocou e presidiu o II Sínodo Sevilhano em 619 e, em 633, presidiu o importante concílio de Toledo.

 

Santo Isidoro foi muito ativo, culto, preocupado com os problemas de sua época e bastante popular. Por sua sabedoria, foi considerado mestre da Europa.

 

Santo Isidoro faleceu em 636.

 

Oração

Senhor, nós vos agradecemos pela vida dos santos que tanto nos enriquece e inspira em nossa jornada espiritual. Agradecemos por Santo Isidoro e a ele pedimos intercessão para que seja afastada de nós toda a omissão em relação ao nosso próprio crescimento espiritual, ao zelo com os ensinamentos e tradição da Igreja, na formação religiosa daqueles que nos confiastes. Pedimos-vos a graça da perseverança em seus mandamentos, para que através do nosso testemunho de vida possamos ser guias para os que ainda não vos conhecem. Amém.

Santo Isidoro, rogai por nós.

 

São José, rogai por nós.

 

Maria, Sede da Sabedoria, rogai por nós.

 

 

05 de abril - São Vicente Ferrer

Vicente nasceu em 1350 em Valência. Formou-se em filosofia e teologia aos 17 anos, quando se tornou também professor. Tornou-se padre aos 28 anos, justamente na época do grande cisma da Igreja, em 1378, quando os cristãos não sabiam a qual papa obedecer, o de Roma ou o de Avignon. Vicente tudo fez para restabelecer a unidade da Igreja. Percorreu quase toda a Europa no intuito de restabelecer a paz e a unidade.

 

Foi um grande pregador e pela força de sua palavra convertia a muitos. Suas pregações reuniam multidões. São Vicente era tão ungido, que um milagre especial o acompanhava: ao pregar em regiões estrangeiras, as pessoas o entendiam em suas próprias línguas. Devido ao cunho de suas pregações, era conhecido como o “anjo do apocalipse”.

 

Geralmente caminhava de um lugar a outro a pé e quando adoeceu de uma perna, montava um burinho.

 

São Vicente também percorreu a França na intenção de ajudar a pôr fim à guerra dos cem anos.

 

Faleceu em Vannes, na França, no dia 05 de abril de 1419, aos 69 anos.

 

Oração

Ó Senhor de todos os exércitos, concedei-me, pela intercessão de seu servo São Vicente Ferrer, a Graça de ser sempre um fiel propagador de Vossa Misericórdia e dai-me, pelas virtudes desse mesmo santo, a Graça que vos peço. Por Cristo Nosso Senhor.Amém.

 

São Vicente Ferrer, rogai por nós.

 

 

06 de abril - S. Marcelino

São Marcelino era um alto funcionário do Império Romano no século quinto, muito amigo de Santo Agostinho. Vivia em Cartago, onde acumulava dois cargos: tabelião e tribuno. Bom pai de família e homem de notável honradez, Marcelino era conhecido pela sua bondade, sendo estimado por todos.

 

Foi acusado por hereges donatistas, (do bispo Donato, que considerava inválido os Sacramentos ministrado por religiosos em pecado) de ser cúmplice de um usurpador, Heracliano. Tal acusação levou o conde Marino a condena-lo à morte em 13 de setembro de 411. Um ano após sua morte, o próprio imperador percebeu o erro de sua condenação. A Igreja passou a honrá-lo como mártir, pois reconheceu sua luta contra a heresia donatista e as calúnias formuladas por esses.

 

Oração

Senhor, por intercessão  de São Marcelino, concedei-me as graças de que necessito para o meu crescimento espiritual, a fim de que eu possa propagar Vossas maravilhas entre aqueles que me confiastes. Maria, Espelho da Justiça, rogai por nós.

 

 

7 de abril - S. João Batista de La Salle

João Batista nasceu em 1651, filho de uma nobre família.

 

Foi um brilhante aluno na Sorbona de Paris deu inicio inovador a nova escola moderna.

 

Seu objetivo era dar aos jovens carentes a oportunidade de estudar e ter uma boa formação.

 

Para concretizar este ideal João Batista renunciou a seu cargo de cônego e dedicou-se a fundação de sua escola acreditando ser esse  o caminho e obrigação de todos. Assim sendo, juntamente com doze voluntários e sustentando a gratuidade dos ensinos, nasce a congregação dos “Irmãos das Escolas Cristãs”.

 

A nova escola tinha como base o ensino profissionalizante. Os jovens  recebiam aulas de desenho industrial, de escrita , leitura , ortografia e catecismo.

 

João de La Salle assegurou o sucesso de seu propósito pois quando morreu em 7 de abril de 1719 a  nova congregação já contava com duzentos membros.

 

Suas  virtudes o definem como o  precursor  dos modernos métodos pedagógicos sendo um dos mais iluminados educadores da Igreja.  Foi canonizado em 1900.

 

Oração

Ó Deus que concedestes inumeráveis Graças ao Vosso filho, São João de La Salle, inspirando-o no desenvolvimento do ensino e aprendizagem, concedei-me também a mim, por sua intercessão, ser sempre feliz nos meus estudos e aprendizado. Por Cristo Nosso Senhor. Amém. São João de La Salle rogai por nós.

 

 

8 de abril - São Perpétuo

São Perpétuo, bispo de Tours, viveu por volta dos anos 450. Possuía uma grande compaixão pelos pobres, o que o levou a dedicar-se a eles através do sacerdócio.

 

Sua família era riquíssima e possuía muitos  bens.  São Perpétuo, por amor aos carentes e desprotegidos, deixou um testamento onde ordena que toda a sua herança deveria ser vendida e o dinheiro distribuído entre eles, a quem carinhosamente chamava de “parte de mim mesmo”.

 

Oração

Concedei-me Sr., pela intercessão de S. Perpétuo, ser sempre firme na fé cristã,com sobriedade de vida e testemunho perante o mundo. Com vossa Graça, proponho estar mais atento às necessidades dos mais pobres e não omitir auxílio a quem precisar. Por Cristo Nosso Senhor. Amém. S. Perpétuo, rogai por nós.

 

 

9 de abril - Santa Maria de Clopas

Maria de Clopas pode ser considerada a mãe dos “irmãos de Jesus” este termo serve para indicar também os primos , Tiago Menor , Apóstolo e bispo de Jerusalém e José .

 

Também tem a sua identificação com Alfeu que traz como conseqüência à identificação como a cunhada de Nossa Senhora e mãe de três apóstolos.

 

Maria de Clopas está ligada no episódio da redenção de Cristo. Ela e outras companheiras ao levar perfumes para o túmulo, depararam com o sepulcro vazio. Tiveram  então o privilégio de testemunhar a ressurreição de Jesus.

 

Oração

Ó Senhor dai-me ser, como Maria de Clopas, um fiel servidor de vossa Santidade e concedei-me por sua intercessão, a Graça que vos peço. Por Cristo Vosso Filho e Senhor Nosso, amém. Santa Maria de Clopas, rogai por mim.

 

 

10 de abril - Santa Gema Galgani

O percurso de vida que segue esta santa é marcante e projeta na história as coisas incríveis que passou e que presenciou. Moradora da província de Lucas órfã de mãe teve que dar apoio a sete irmãos depois da morte de seu pai farmacêutico de Camigliaio, em seguida ao ser curada prodigiosamente de uma doença que a torturava lutou para entrar no convento sendo rejeitada pelos religiosos  e foi acolhida por  pelo cavaleiro Mateus que assim a auxiliava tendo uma vida tranqüila e obediente em conjunto  e as irmãs passionistas.

 

O que realmente nos chama a atenção foi que Santa Gema Galgani trazia escondido por debaixo de suas luvas chagas que seriam da sua participação do episódio da paixão de Cristo, assim ganhava uma notoriedade em pelos populares  que manifestavam a  sua santidade em seu bairro e cidade . Este fato teve inicio no dia 8 de junho de 1899 - portanto sua história muito  perto de nós - que em seu próprio relato nos conta que “de repente , senti uma dor interna dos meus pecados ... Apareceu Jesus . Tinha todas as feridas abertas; mas daquelas feridas não saía mais sangue , saíam chamas de fogo , que vieram tocar em minhas mãos, nos meus pés e no meu coração. Eu me senti como morta”. Estas chagas abertas tinham uma dada para aparecer que era das 20 horas de Quinta -feira as quinze de Terça - feira. Mas a nossa santa em sua humilde tendo que suportar as chagas das quais tanto a molestavam julgava-se ainda não Ter pagado com a moeda do sofrimento  o privilegio de Ter sido associada à paixão de Cristo , desfaz a sua vida na manhã de um Sábado de aleluia com 25 anos no ano de 1903.

 

Oração

Ó Deus que concedestes inumeráveis Graças a Santa Gema Galgani, fazendo-a participar no mistério da Paixão de Cristo dá-me ser bem firme na fé e na caridade, e por sua intercessão concedei-me a Graça de que necessito. (pede-se a Graça). Por Cristo, nosso Salvador, amém. Santa Gema Galgani, rogai por mim.

 

 

11 de abril - Santo Estanilau

Nascido em 1030 na diocese da Cracóvia que se situa em Szczepanowa e filho de pais pobres, Estalisnau conseguiu concluir os primeiros estudos com os beneditinos na própria Cracóvia, conseguiu então se aperfeiçoar na Bélgica na escola de Liège os seus estudos. Ao regressar ao seu país destacou-se pelo seu zelo pastoral e pelas suas iniciativas benéficas realizadas com caridade e inteligência. Com a morte do bispo da Cracóvia , o papa Alexandre II o nomeia para um alto cargo onde o rei Boleslau II da Polônia consentiu na obra de evangelização em toda região e a formação do clero que substituiria os beneditinos  na administração da Igreja polonesa .

 

O que tornaria Estanilau parte importante da história, seria a sua personalidade destemida que levantava a voz para o soberano colocando-o em direção de seu dever e obrigações para os seu súditos . A Harmonia entre o bispo e o soberano durou até o momento que Estalisnau  depôs a atitude reprovável e a  mau conduta   do soberano que viria  a por em risco os costumes dos súditos , e em um  caso curioso onde nos revela que o rei apaixonado por um garota casada colocava em risco um grave escândalo em todo país e para isso para que isso fosse sufocado a menina foi raptada . O rei foi deposto e excomungado por essa ameaça, furioso trucidou  Estanilau  em Cracóvia onde o cenário seria  uma Igreja em presença de uma missa , este assassinato ignóbil foi  perpetuado pelas mãos do próprio soberano , pois na Polônia  os súditos veneravam  o martírio desse santo  que no dia 17 de agosto de 1253 na basílica de são Francisco de Assis  foi canonizado e desde então  o seu culto é muito difundido na Europa e na América.

 

Oração

Ó Deus que Glorificastes o Vosso Servo Santo Estanilau, dando-lhe a Virtude da coragem e da firmeza na defesa da fé, concedei-me também a mim, ser bem firme e corajoso na defesa da Verdade e de Vosso Santo Nome. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.

 

Santo Estanilau, rogai por mim.

 

 

12 de abril - Santa Ida

No encalço da história religiosa a presença de Ida filha de Godofredo, duque de Lorraine, nascida em 1040 e descendente do Imperador Carlos Magno é de real importância no desenrolar da própria concepção da Igreja . Na sua pouca idade casou-se com Eustáquio II, conde de Bolonha, que por sua vez era descente de Carlos o Calvo. Este casamento lhe gerou três filhos que são eles: Eustáquio III, Godofredo de Bulhão e Balduíno, o primeiro foi herdeiro o condado da Bolonha e o segundo foi rei de Jerusalém, este casamento lhe possibilitou a sua inclinação para a vida espiritual pois ambos se posicionavam em direção a Deus .

 

A sua humildade caracteriza as suas virtudes por ser sincera e profunda mais que isso por ser verdadeira, suas obras caridosas iam de encontro as suas posses, pois era proporcional aos seus pertences e que se destinava tantos aos humildes, pobres e miseráveis até a ornamentação das Igrejas, este último era o que mais a agradava.  Com a morte de seu marido, Ida dilapida parte de seus bens para fundar mosteiros esses que eram enriquecidos com relíquias preciosíssimas que lhes foram dadas por parte de Godofredo e outra recebidas da Inglaterra , deste modo surgiria às casas mais famosas  da cidade como mosteiro de Samer  que estava em  ruínas e que foi totalmente restaurado.

 

Obras marcantes, humildade em conjunto a caridade  e milagres  sempre fizeram parte de seu cotidiano , assim era a vida de Santa Ida  que deixa este plano para viver em um outro melhor ,junto ao Criador, morre na data de 13 de abril de 1113 deixando os seus súditos na amargura  de sua perda

 

Oração

Dai-me Sr., pela intercessão de Santa Ida, ser sempre bem firme na caridade para com meus semelhantes e necessitados, e por sua intercessão concedei-me a Graça que vos peço. Por Cristo Senhor. Amém. Santa Ida, rogai por mim.

 

 

13 de Abril - S. Martinho I

Sua origem provém de Todi e na Igreja Romana era diácono, mas o seu grande feito seria o de substituir o então papa Teodoro em 13 de maio de 649, logo provou ser linha dura tendo mão forte no governo onde inclusive não aguardou o consentimento da sua eleição pelo então Imperador Constante II. Por disputas políticas das quais Martinho participou de modo a incomodar o Imperador com a sua atitude, este último ordenou que o exarca de Ravena de nome Olímpio assassina-se Martinho em meio à celebração de uma missa em que ambos estavam presentes, mas ao tentar cravar o punhal, Olímpio foi atingido por uma intensa luz que o cegaria totalmente. Este acontecimento convenceu o próprio Olímpio da santidade que esteve disposto a matar, deste modo trocou de atitude e tentou a reconciliação com o santo.

 

O Imperador cônscio da morte em 653 de Olímpio conseguiu concretizar a sua vingança com o mais novo exarca que seria Teodoro de Calíopa que prende o papa. Neste momento a acusação era, de Martinho Ter apossado ilegalmente do cargo de papa e assim inicia o seu longo período de martírio e dor, onde se somava as piores barbáries que homem já presenciou. Ao longo de todo esse sofrimento tentava manter a vontade do corpo mais por último e derradeiro fim foi prisioneiro e submetido à falta de comida que o enfraqueceria até a morte em 16 de setembro de 655.

 

Oração

Ó Deus que destes ao Vosso Servo, S. Martinho I a Graça da fidelidade, até o fim de sua vida, concedei-me ser sempre perseverante e fiel a Vos e a Santa Igreja e concedei-me, por sua intercessão, a Graça que vos peço.Por Cristo Jesus. Amém. S. Martinho I, rogai por mim.

 

 

14 de Abril - Santo Hermenegildo

A vida que rodeia este santo é um tanto quanto conturbada, o desenrolar de seu percurso choca-se com as disputas entre arianos e católicos. Sua mãe era católica, porém lhe dá uma educação ariana e a sua esposa também era católica, as relações de Hermenegildo são um tanto conflituosas, pois em sua própria família havia discórdias que suscitavam tensões e para que não acontecesse uma fatalidade com ele o seu pai o envia para Servilha numa espécie de exílio forçado.

 

Na nova terra, Hermenegildo dedica-se aos estudos do catolicismo e provavelmente influenciado colocou em prática um plano de insurreição contra o pai, neste plano pediu ajuda e colaboração dos bizantinos e suevos o que não se concretizou e ao perder teve que se render à condição de encarcerado. Na comemoração da páscoa em 25 de março de 585 ao recusar a comunhão lhe dada por um bispo ariano foi mandado imediatamente a execução. Filipe II em 1585 fixou a memória de santo de Hermenegildo no dia 13 de abril.

 

Oração

Concedei-me, Senhor ser sempre muito fiel a Vossa Santa Doutrina, e concedei-me pela intercessão de Santo Hermenegildo, vosso fiel servidor, a Graça que vos peço. Por Cristo Senhor, amém. Santo Hermenegildo, rogai por mim.

 

 

15 de abril - S. Benedito José Labre

As recusas dos mosteiros dos quais este santo solicitou bem com á trapa de santa Aldegonda, dos monges circenses de Montagne na Normandia que sofrera tanto para chegar definiu os caminhos que percorreria ao longo de sua vida, pois tomara a seguinte decisão; o de ser peregrino o resto da vida.

 

Benedito José Labre nasceu em Amettes próximo de Arras no dia 26 de março de 1748, primogênito entre um composto de 15 irmãos e filho de simples camponeses , realiza os seus estudos na escola de seu próprio vilarejo complementando as suas aulas com o tio que o ensinara  rudimentos de latim. Assim seguiu viagem; uma partida que o levaria ao encontro dos caminhos de Deus , sua bagagem era a sua própria carne pouca de seu corpo , trazia em seu peito o crucifixo , no pescoço um terço e nas mãos um rosário . As doações que recebia era destinadas à partilha com outros pobres que estavam ao seu lado, neste mundo de peregrino somou diversos apelidos como “o vagabundo de Deus”, “o cigano de Cristo” e um maldoso seria “o santo dos piolhos”.

 

Pelas condições precárias de sua vida e a situação de maus tratos a 16 de abril de 1783 morre na mais profunda sujeira nos fundos de uma casa localizada próxima da igreja santa Maria dos Montes, em 1881 foi canonizado pelo papa Leão XIII .

 

Oração

Dai-me Senhor, eu vos peço pela intercessão de S. José Labre segurança nos meus caminhos e viagens firmeza, em meus propósitos e na vida de oração. Por Cristo Senhor nosso. Amém. S. José Labre, rogai por nós.

 

 

16 de abril - Santa Bernadete Soubirous

Nascida em Lourdes em 1844 filha de pais pobres os acontecimentos que regem a sua vida são feitos por meio de Nossa Senhora que aparece em sua vida com este propósito e em suas aparições teria lhe dito que “Não lhe prometo a felicidade neste mundo, mas no outro”. Na sua curta existência a humildade e o sofrimento seriam as sua perenes companheiras por aceitar da Virgem Maria pagar os males ou resgata-los daqueles que eram açoitados pela a prisão do mal.

 

Depois de Ter passado seis anos no Instituto de Lourdes é aceita pelas mesmas irmãs em Nevers, em sua nova vida não conheceu privilégio algum a não ser a dor do sofrimento, era rejeitada inclusive pelas as suas superiores. Trabalha como enfermeira no interior do convento depois do seu oficio de sacristã, até a doença lhe pegar com tantos agravantes o que a imobilizaria na cama por nove anos.

 

Mesmo assim provou sua extrema bondade ao retribuir a aqueles que tentavam lhe trazer conforto, logo subiria aos céus ao encontro de Nossa Senhora que dizia ela ser “tão bonita que todos que a vêem gostariam de morrer para revê-la”. Em 8 de dezembro de 1933 Pio XI a honrou colocando a sua imagem nos altares.

 

Oração

Senhor, que dignastes conceder à jovem Bernadete a Graça de ver Vossa Santíssima mãe e com ela conversar e orar, concedei-me também a mim uma maior devoção para com Maria Santíssima e a Graça da boa saúde e disposição. Santa Maria, rogai por nos. Santa Bernadete Soubirous, rogai por mim.

 

 

17 de Abril - Santos Roberto de Turlande, Roberto de Molesme e Estevão Harding.

Estes três abades se encontram na proposta de serem protagonistas da renovação religiosa que se passa na França do século XI. O primeiro São Roberto de Turlande nascido na Alvérnia filho de uma família de senhores no ano de 1001, ainda jovem e sob a custodia de alguns cônegos inspira-se para a sua vocação, a de ser padre e cônego . Com sacrifícios próprios monta um hospital que estaria voltado ao tratamento das enfermidades de pessoas pobres, em sua vida a dúvida era a sua amiga e em peregrinações tentava ferozmente sufoca-la. Em um conjunto de dois monges fundara diversos mosteiros onde a pobreza e a inserção a Igreja seriam as suas características, morre em 17 de abril de 1067 sendo canonizado em 1070 por Alexandre II.

 

Os dois outros abades Roberto de Molesme e Estevão de Harding projetam a sua fama por São Bernardo. O primeiro nascido em 1028-29 ao morrer deixou frutos que seriam cultivados pelas mãos de seus próprios confrades.  Em vida, Fundada Molesme teve que lhe dar nova função por identificar que seus outros irmãos não alimentavam a mesma vocação de renúncia as riquezas e conseguiu isso com o auxilio de santo Estevão Harding nascido na Inglaterra em 1060, esta dupla encaminhariam a vida pobre e austera numa rigorosa fidelidade a Regra Beneditina.

 

Oração

Concedei-me Ó Deus, o espírito de ardor religioso e fidelidade ao Magistério da Igreja, orando e trabalhando, para a maior Glória de Deus Altíssimo. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.

 

 

18 de Abril - S. Galdino

Nascido em Milão no inicio do século XII no bloco Oriental, abraçaria a vida religiosa chegando a ser chanceler e arcediago da diocese de Milão, assumia o cargo de arcebispo em um momento muito delicado para a Igreja e para a Lombardia, sem dúvida um homem de grandes virtudes.

 

Proclamada a morte do arcebispo Oberto morto em Benevento o seu nome seria indicado para assumir tal cargo que sagrou na data de 18 de abril de 1166, tornou-se o primeiro cardeal da Igreja milanesa. Seu dotes somavam-se a sua caridade, assumia a postura bondosa de Cristo interessando pelos pobres estes que tinham em sua vida um cotidiano repleto de injustiças e desgraças, para estes institui o que seria chamado de pão de São Galdino.  Defendia arduamente os ensinamentos do evangelho disparando o seu discurso caloroso aqueles que de costume iam a desencontro com a Igreja e seus dogmas que seriam os Hereges.

 

Oração

Ó Deus que concedestes inumeráveis Graças ao Vosso Servo S. Galdino, fazendo-o firme instrumento de Vossa caridade e fidelidade à Santa Doutrina, permita-me, a mim também, ser mais fiel a Vos e a Igreja enchendo meu coração de amor para com os pobres e necessitados. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, amém. S. Galdino, rogai por mim.

 

 

19 de abril - Santa Ema

Aqui temos um caso curioso onde se cruzam os destinos de duas viúvas, nascidas na mesma época e de atitudes similares, são elas; Ema de Gurk (Áustria) e Ema da Saxônia (Alemanha). As vidas das duas têm muito em comum elas repartiram com os pobres os seus bens levando uma vida austera, dedicadas à oração e ao louvor. Uma delas seria Ema Gurk fundadora de dois mosteiros, que morre em 27 de maio de 1045,  a outra Ema da Saxônia que precede a  morte da outra em 19 de abril de 1040.

 

Adão de Brema um cronista alemão nos revela uma delas que seria muito nobre, irmã de um certo bispo de Paderborn (morto em 1036) e mulher do conde Liutgero da Saxônia do qual deixaria um jovem viúva. Seguiu a sua vida voltada aos ritos litúrgicos destinando a sua vida para as obras de caridade numa total dedicação a Deus. Seu cotidiano era rigoroso, pois se martirizava numa tentativa de constante perfeição e aos outros depositava toda a sua docilidade e caridade . Deste modo suas inquietações eram bastante fervorosas, mergulhava-se em duvidas do plano terrestre e do plano superior, mas Ema opta pela louvação a Deus que seria uma decisão das mais difíceis Foi verdadeira seguidora de Cristo e esposa do marido que era pai de todos os cristãos , o público a então a venerava .

 

Oração

Ó Senhor de toda Glória, dai-me o amor pelos vossos Santos Rituais e, estudo e respeito para com a Santa Missa e os Sacramentos. Por Cristo Senhor, amém. Santa Ema, rogai por mim.

 

 

20 de abril - S. Teodoro

A história em que a vida de Teodoro se insere é mergulhada em um verdadeiro palco romântico, já iniciando pelo seu nome que quer dizer “dom de Deus”. O seu guia seria S. Jorge, o santo guerreiro, que era também o santo por excelência de sua mãe, que nele depositou sua fé por ter salvado Teodoro em seu difícil parto. Ainda menino, procurava locais que pudessem lhe dar a paz para a sua meditação e oração. Um pouco mais crescido, cavou acima da capela de S. Jorge uma gruta que o abrigava longe de todos e perto de Deus. Foi iniciando desta maneira a sua vida religiosa que conseguiu atrair a multidão que era curiosa e desejosa de seus atos.

 

Não tardaria e Teodoro seria ordenado sacerdote por um bispo da vizinha cidade de Anastasiópolis, o que intensificaria a sua vida de penitencias. O povo novamente tomou seu partido e o elegeu como bispo de Anastasiópolis. Nesse novo cargo permaneceu dez anos sempre pedindo para ser substituído, o que foi concedido pelo Imperador e pelo patriarca de Constantinopla que lhe restituíram a sua pequena condição – grande - de monge.Era querido e amado pelo povo que o perseguia a fim de pedir as orações e as intervenções do santo que tantos milagres fazia. Morreu em 613 concretizando seus ideais e espalhando a palavra de Deus por onde passava.

 

Oração

Senhor, pelos méritos de São Teodoro, eu vos peço um forte ardor missionário. Que eu possa através de meus atos e palavras levar Vosso Reino a todos que me confiastes. Amém. Maria, medianeira de todas as graças, rogai por nós.

 

 

21 de abril - Santo Anselmo

Filho de Gandulfo, um homem que dava valor às coisas mundanas e que assim desejava para o seu filho o mesmo destino, se rebelou contra esses princípios desde pequeno optando pela construção de sua vida junto a Deus.

 

Nasceu nos Alpes, em Aosta, no ano 1033, pertencente a família nobre, teve a sua educação regida pelos beneditinos que assim demonstraram-lhe a santa vocação. Por certo período, teve que desfrutar das coisas materiais para poder agradar a seu pai e assim não levantar sua fúria, mas essa condição não lhe agradava e o único modo de se livrar dessa pressão foi sair de casa.

 

Fugindo, parou na Normandia em uma famosa abadia onde lecionava um grande mestre de teologia, chamado Lafranco. Lá mergulhou nos estudos chegando a substituir o seu mestre na posição de abade. Em sua carreira intelectual, Anselmo pode ser considerado realizado, pois tem a felicidade de, em duas de suas obras que são: o Monológio ou modo de meditar e o Proslógio ou a fé que procura a inteligência, demonstrar a perícia dos seus estudos teológicos onde conseguiria muita fama tornando-se o pai da escolástica.

 

Morreu em Canterbury a 21 de abril de 1109 e em 1720 o papa Clemente XI declarou-o doutor da Igreja.

 

Oração

Por intercessão de Santo Anselmo, eu vos peço, Senhor, despertai em mim um forte interesse pela Doutrina Católica. Dai-me perseverança na busca da Verdade ensinada nas Sagradas Escrituras. Amém.

 

 

22 de abril - Santos Sotero, Caio e Agapito

Aqui temos a vida de três papas que contribuíram para o importante  processo religioso da Igreja, mas infelizmente temos problemas com os dados referentes à história de cada um, pois temos pouquíssimas informações a respeito de suas vidas .

 

O primeiro, sabemos que foi papa de 166 a 175 e seu marco seria escrever uma carta encorajando os perseguidos de Corinto. Dionísio lhe agradeceu pela sua colaboração e comunicou que a carta havia sido lida na reunião pública dominical e consultada com o mesmo cuidado que foi tributado à carta de São Clemente, que também foi enviada para aquela comunidade.

 

De São Caio, o que se pode conhecer é que era parente do próprio Diocleciano e que era tio de uma certa santa de nome Susana.

 

E de Santo Agapito sabe-se do longo processo que o tornou papa e um defensor da tradição católica, morrendo em Constantinopla a 22 de abril de 536. Um feito desse papa foi o de fazer cessar  a terrível guerra greco-gótica da Itália obtendo com sua intervenção um êxito positivo, tanto para a guerra como para si próprio.

 

Oração

Senhor, por intercessão dos Santos Papas Sotero, Caio e Agapito, Vos peço as graças que me são necessárias para que eu possa alcançar as virtudes cristãs em busca da santidade. Amém.

 

 

23 de Abril - S. Jorge

A sua imagem é conhecida por todos: a figura do cavaleiro montado em seu belo cavalo lutando contra o dragão. Essa imagem já era difundida na Idade Média e recebe realce de seus contadores apaixonados por este santo.

 

Relembrando a sua lenda, nós encontramos um horrível dragão que, de vez em quando, saía do fundo do lago e se atirava contra a cidade com seu hálito mortal. Tentando evitar esse flagelo, os moradores da cidade ofereciam ao dragão jovens pessoas que seriam assim vítimas de sua ira. Um dia, a vítima seria a princesa e o monarca nada pôde fazer para evitar tal fim. No momento de seu encontro com a terrível besta, Jorge prometeu salvá-la em nome de Jesus Cristo. Com sua espada em punho reduziu o terrível dragão a um manso cordeirinho e todos os habitantes passam a devotar admiração a essa figura salvadora.

 

O seu fim é um tanto quanto místico, pois a lenda diz que ao renegar os deuses do Império, foi condenado à morte  recebendo inclusive os mais possíveis tormentos em sua carne, mas a sua persistência e coragem pareciam ser de ferro. Diante de tantos tormentos a própria mulher do Imperador se converte e muitos cristãos assim o fazem dando os seu testemunho a Cristo.

 

São Jorge morreu em 303, provavelmente em Diospolis, atualmente Lida, na Palestina.

 

Oração

Ó Deus, que destes a firmeza de guerreiro incansável ao Vosso servo São Jorge, concedei-me ser eu próprio um verdadeiro soldado de Cristo, para, assim, dar sempre maior testemunho de Fé no mundo de hoje. Concedei-me, por sua intercessão, a graça que vos peço. Por Cristo Nosso Senhor. Amém. 

 

 

24 de abril - S. Fidélis de Sigmaringen

Em princípio era aquele que os pobres chamavam de “advogado dos pobres”, por defender os interesses daqueles que não tinham condições financeiras de custear um advogado. Nascido em Sigmaringen, Alemanha , em 1578, foi aluno brilhante do curso de filosofia e direito na Universidade de Friburgo, na Suíça. Peregrinando por seis anos em várias cidades da Itália , da Espanha e da França, ministrava aos jovens e alunos ensinamentos pelos quais receberia um outro apelido que  seria de “filósofo cristão”.

 

Ao atingir a idade de 34 anos, deixou tudo isso para trás e se destinou ao convento dos capuchinhos vestindo uma humilde batina de São Francisco e cuidando com coragem e caridade daqueles que foram atingidos pela peste. Foram eles que mais apreciaram a sua moradia na região. Em uma missão de paz, São Fidélis foi designado a manter conversações em Recia em plena crise protestante. Mas a sua missão acabou causando a impressão aos habitantes da cidade de que era um santo agente a serviço do Imperador católico. Mesmo assim o santo não se abalou e continuou a ir às cidades fazendo suas pregações.

 

Um dia, quando estava fazendo um sermão, vários soldados o cercaram solicitando que o santo retirasse tudo que tinha falado e pregado, eles tiveram como resposta o seu “não” de maneira poética e sábia. Recebeu então em sua cabeça um pesado golpe de espadas que poria fim em sua vida. Mesmo assim, ao morrer, pronunciou a palavra de perdão a seus matadores no dia 24 de abril  de 1622.  Sua  canonização foi declarada em 1746 por Bento XIV.

 

Oração

Bendito seja Deus que concedeu a São Fidélis ser bem firme na Fé, Esperança e Caridade!

 

Dai-me, Ó Deus, por sua intercessão, ser também eu apóstolo de sua Igreja. São Fidelis rogai por nós.

 

 

25 de abril - S. Marcos

Marcos, ou João Marcos, era filho de Maria e vivia em Jerusalém. Era primo de Barnabé, conforme os relatos bíblicos (Colossenses 4,10b).  Este seria hebreu por origem, nascido provavelmente fora da Palestina e de família abastada .

 

Em sua vida houve a presença marcante de São Pedro, que o tratava  como seu filho (1 Pedro 5, 13) e certamente o auxiliou na escrita do Evangelho, pois Marcos era tratado como intérprete de Pedro e, em suas peregrinações, a literatura era parte constante de seu cotidiano. Escreveu o Evangelho por volta dos anos 60/70, sendo esse o mais antigo dos quatro. Além de Pedro, outro grande companheiro de Marcos foi São Paulo, cuja amizade lhe renderia bons frutos.

 

Conta-nos a tradição que, depois das missões em Chipre e Roma, foi para a Alexandria onde foi martirizado em 74. Em seus próprios escritos temos a narração de seu martírio, pois no dia 24 de abril foi arrastado por pagãos pelas ruas da Alexandria, com cordas amarradas em seu pescoço. No dia seguinte, foi jogado ao cárcere não suportando às torturas e vindo a morrer.

 

Em 829 suas relíquias foram levadas de Alexandria para Veneza, cidade da qual é santo padroeiro.

 

Entre os anos de  976 a 1071, foi construída, em sua memória, a estupenda basílica veneziana. São Marcos é representado com um livro e o emblema de um leão.

 

Oração

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo, que deu a seu discípulo Marcos a graça do apostolado cristão e a narração do seu Santo Evangelho. São Marcos, rogai por nós, para que sejamos iluminados pela força do Evangelho. Amém.

 

 

26 de abril - Santo Anacleto

Em princípio, o que temos aqui é o cruzamento de dois nomes que dariam origem a dois santos díspares que seriam: Cleto e Anacleto. Havia inclusive duas festas para a comemoração dos dois, em dias diferentes, a do dia 26 de abril e a do dia 13 de julho. Nos estudos de Duchesne, o que temos é que Anacleto e Cleto seriam uma só pessoa. E, por isso, a Congregação dos Ritos, em 1960, aboliu a festa de 13 de junho, ficando só a de 26 de abril. Anacleto, de origem ateniense, foi papa de 79 a 90 e tornou-se benemérito por edificar o sepulcro de São Pedro e que seria também o seu túmulo quando desfeita a sua vida material.

 

Oração

Glorioso e Eterno Senhor, peço-vos, pela intercessão de Vosso Servo, o Papa  Santo Anacleto, que construiu o túmulo de São Pedro, nosso primeiro Papa, a graça de ser sempre um defensor do papado e de cumprir, com zelo apostólico, os deveres do fiel cristão.

 

Concedei-me, por sua intercessão, a graça que vos peço. Santo Anacleto, rogai por mim.

 

 

27 de abril - Santa Zita

Nascida no ano de 1218, em Monsagrati, povoado próximo à cidade de Lucca, filha de uma família humilde de camponeses onde as meninas, para não serem um fardo pesado nas suas economias, se submetiam ao trabalho doméstico - que naquele momento era visto como um trabalho servil - a nossa santa assumiu este papel de empregada na residência dos Fatinelli com a maior generosidade e amor, como nenhuma outra.

 

Nessa casa viveu martírios e tormentos que pareciam purificar cada vez mais a sua alma bondosa. Num caso curioso, Zita foi acusada de dar muitas coisas aos pobres, – o que realmente não era mentira, pois ela distribuía o seu ganho com aqueles que eram necessitados –, e o patrão, a surpreendê-la na saída do serviço, notou que seu bolso estava cheio e pediu que a moça o esvaziasse. Foi aí que teve grande  surpresa: de seu bolso caíram apenas pétalas de rosas. As suas virtudes e méritos eram de admiração e conhecimento de todos.

 

No dia de sua morte, 27 de abril  de 1278, surgiu uma  grande força de devoção popular e o seu túmulo sempre foi alvo de peregrinações. O culto de sua imagem foi aprovado em data solene em 5 de setembro de 1696, por Inocêncio III, e Pio XI a proclamou a santa das domésticas.

 

Oração

Concedei-me, Ó Deus altíssimo, a graça de ser sempre muito solidário para com as necessidades dos mais pobres,  abrindo meu coração para a caridade e as demais virtudes cristãs. Santa Zita, rogai por nos.

 

 

28 de abril - S. Pedro Chanel

Para a evangelização da ilha de Futuna,  situada entre o Equador e o trópico de Capricórnio no Oceano Pacífico, foi indicada a figura de Pedro Chanel. Nascido na França a 12 de julho de 1803, em Cuet, iniciou a vida religiosa incentivado por um pároco  de nome Thompier. Desse modo, o seu ingresso no seminário se daria em 1824 na maior escola de Bourg, onde dentro de três anos receberia a ordenação sacerdotal. Por vontade de seu bispo, aceitou ser vigário de Amberieu e de Gex sob a guia de Pe.Colin . O desejo de Pedro Chanel era de partir imediatamente para a ilha, a fim de incluir-se no processo de evangelização de seus  habitantes. Em 1836 embarcou finalmente junto aos primeiros missionários .

 

Chegou a conseguir a simpatia dos mais jovens pela sua doutrina e  pela sua presença pessoal. Por outro lado, levantou a  hostilidade dos mais velhos. Nessa ilha, a guerra estava tomando conta do povo, que estava dividido por duas tribos. Foi pelos golpes de bastão do genro do Cacique Musumusu, furioso com o fato de o santo ter convertido ao cristianismo alguns membros de sua família, que Santo Pedro faleceu, no dia 28 de abril de 1841 . Esse foi o alto preço que teve que pagar  para abrir as portas do cristianismo a esses nativos da ilha de Futuna. Em 17 de novembro de 1889, foi inscrito no álbum dos santos sendo canonizado pelo Papa Leão XIII. Em 1954 foi declarado padroeiro da Oceania.

 

Oração

Concedei-nos, Ó Deus Onipotente e Glorioso, a graça de nos tornarmos apóstolos de Vosso Santo Nome em todo lugar e em todo tempo, sem medirmos esforços e constrangimentos. Por Cristo Nosso Senhor. Amem. São Pedro Chanel, rogai por nós.

 

 

29 de abril - Santa Catarina de Sena

A vida dessa santa é cercada de tanta docilidade, bondade e caridade, que nos impressiona. A sua doce e singular personalidade se misturava com a sua marca, que era de extrema feminilidade, a qual regia a seu cotidiano.Foi em Sena que se presenciou o seu nascimento no dia 25 de março de 1347. Era a vigésima filha do casal Tiago e Lapa Benincasa .

 

Sua vida religiosa se inicia aos sete anos de idade e logo se poderia averiguar seus belos frutos. Completos seus quinze anos, Catarina ingressou na Ordem Terceira de São Domingos. Conta-se que em uma passagem de sua vida, para poder vencer a repugnância para com um leproso que exalava um cheiro horrível, inclinou-se em sua direção e beijou-lhe as chagas.

 

Era de extrema bondade e caridade para com os pobres, e em público lia as suas cartas   endereçadas a papas, reis e líderes. Esse papel social e político lhe renderam sérias complicações. Catarina teve que se explicar para os Dominicanos, insatisfeitos com sua atitude. Foi presa e em seu cárcere escreveu o “Diálogo sobre a Divina Providência”.

 

Foi lá também que adoeceu e, em 29 de abril de 1830, aos 33 anos de idade, veio a falecer encontrando o criador, conforme era o seu gosto. Foi canonizada a 29 de abril 1461 e em 1939 já tinha sido declarada a padroeira da Itália, juntamente a São Francisco de Assis.

 

Santa Catarina de Sena foi considerada Doutora da Igreja devido as idéias teológicas e místicas descritas em sua obra.

 

Oração de Santa Catarina de Sena

Trindade eterna, vós sois um mar profundo, no qual, quanto mais procuro, mais encontro. E quanto mais encontro, mais procuro. Vós nos saciais de maneira completa, pois, no vosso abismo, saciais a alma de tal sorte que ela fica sempre com mais fome de vós. Que podereis dar-me mais de vós mesmo?

 

Sois o Fogo que queima sempre e nunca se consome. Sois o Fogo que consome no vosso ardor todo amor-próprio da alma; sois o Fogo que tira todo frio, que ilumina todas as inteligências e, pela vossa luz, me fizestes conhecer a verdade.

 

Dais ao olho humano luz sobrenatural em grande abundância e perfeição, e iluminais a própria luz da fé. É nessa fé que minha alma tem vida. Na luz da fé adquiro a sabedoria, na sabedoria do vosso Filho único; na luz da fé, tomo-me forte e constante persevero. Na luz da fé, espero que não me deixareis sucumbir no caminho...”

 

 (Santa Catarina de Sena, apud Padre Rohbacher op. Cit., Vol. 7, pg 401ss.

 

 

30 de abril - S. Pio V

Miguel Guisleri foi uma figura de extrema importância para a vida da  Igreja Católica. Nascido em Bosco Marengo na província da Alexandria, em 1504, aos quatorze anos ingressou na vida religiosa entrando na ordem dominicana .

 

A partir daí a sua vida decola , pois alcançaria rapidamente todos os degraus de uma excepcional carreira. Foi professor , prior do convento, superior provincial, bispo de Mondovi e finalmente papa, aos 62 anos, com o nome de Pio V.

 

Promoveu diversas reformas na Igreja através do Concilio de Trento, como, por exemplo, a obrigação de residências para bispos, a clausura dos religiosos, o celibato e a santidade de vida dos sacerdotes , as visitas pastorais dos Bispos, o incremento das missões, a correção dos livros litúrgicos e a censura das publicações.

 

Sua autoridade e prestígio pessoal impunham a sua personalidade de pulso firme e de atitudes rigorosas, como a que tomou em relação à invasão dos turcos, pondo fim a seus avanços a sete de outubro de 1571, na famosa batalha de Lepanto.

 

Apesar de seu caráter marcante, apresentava sinais de um homem bondoso e condescendente para com os humildes, paterno, às vezes, e extremamente severo com aqueles que faziam parte do corpo da Igreja.

 

Mesmo sabendo das conseqüências que sofreria a Igreja, não pensou duas vezes ao excomungar a rainha Elizabete I. Morreu em 1 de maio de 1572, na lucidez de seus setenta e oito anos . A sua canonização chegaria em 1712 e a sua memória fixada a 30 de abril

 

Oração

Meu Senhor e meu Deus, que destes ao nosso Papa São Pio V muita luz para guiar o rebanho de Cristo, dai-me ser um verdadeiro guerreiro das causas da Igreja e de Cristo. Pela intercessão de São Pio V, rogo-Vos a graça de uma fé profunda e perseverança na oração, pois somente assim permanecerei intimamente ligado a Vós. São Pio V, rogai por nós.

...   

 

 

 

Vamos... Aproveite, Faça *AGORA* sua consulta esotérica !!!

          (11)  2081-0384  /  2081-0385  /  2081-0386
x
          Atend. 01Skype Me™! Atend. 02Skype Me™!Atend.  03Skype Me™!

 

 

 

 

Mundo Mystiko® Com. e Serv. Ltda.

Todos os Direitos Reservados - Copyright © desde 2003